O CORPO E SUAS MULTIPLAS LINGUAGENS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Adriano Ribeiro Lopes, Gabrielle Carvalho de Aragão Santana, Ricardo Carlos Santos Alves

Resumo


 Este artigo trata de um estudo sobre uma vivência psicomotora desenvolvida com uma turma de especialização em Educação Psicomotora do Colégio Pedro II. O objetivo é analisar a experiência vivenciada durante a aula da disciplina “Introdução a Psicomotricidade”, a fim de identificar como tal atividade pode contribuir para melhor compreensão do processo de ensino-aprendizagem. Como metodologia, foi utilizado o estudo descritivo, qualitativo, tipo relato de experiência. Percebeu-se que a mesma vivência é experienciada de forma individual e que em atividades simples exploramos as estruturas psicomotoras. Este trabalho busca trazer uma análise crítico-reflexiva, objetivando um olhar mais cuidados de quem ensina para quem aprende e busca colocar o sujeito como protagonista de sua aprendizagem.


Palavras-chave


Linguagem corporal. Experiência. Estruturas psicomotoras.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Ricardo C. S. Estruturas Psicomotoras. Rio de Janeiro: 2020. Disponível em: . Acesso em 20 de maio de 2020.

FERNANDES, N. C. et al. Monitoria acadêmica e o cuidado da pessoa com estomia: relato de experiência. Rev Min Enferm. v.19, n.2, p. 238-241. abr/jun, 2015.

FONSECA, V. Desenvolvimento psicomotor e aprendizagem. Porto Alegre, RS: Artmed, 2008.

________; Manual de Observação Psicomotora: Significação Psiconeurológicados fatores Psicomotores. 2ª edição. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2012.

Hessel, A., Borloti, E. B., Haydu, V. B. O pensar e o sentir numa análise comportamental da ansiedade. In C. V. B. B. Pessoa, C. E. Costa & M. F. Benvenuti (Orgs.), Comportamento em foco (vol. 1, pp. 283-292). São Paulo: ABPMC. 2012.

LOPES, Adriano Ribeiro. Sentidos da Psicomotricidade nos documentos nacionais de educação para a Educação Física. 2019. 88f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação Psicomotora) – Colégio Pedro II, Pró-Reitoria de Pós Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, Rio de Janeiro, 2019.

LÓPEZ-LÓPEZ, Mariana Alonso; GALDINO, Graciele Ribeiro. A potência do corpo e da corporeidade nas práticas e vivências educativas. Revista Interinstitucional Artes de Educar. Rio de Janeiro, V. 6, N.1-pág. 119-140jan-abr de 2020: “Educação: Corpo em movimento II” –DOI: 10.12957/riae.2020.45830. Disponível em: . Acesso em: 30 de maio de 2020, às 22h.

MELLO, Alexandre Moraes de. Psicomotricidade, educação física

e jogos infantis. São Paulo: IMBRASA, 1989.

NASCIMENTO & KRONBAUER. Circo e a Educação do corpo - da capitalização dos espectáculos à sala de aula. Revista Contemporânea de Educação, vol 9, n. 18, jul/dez de 2014. Disponível em . Acesso em 01 de de junho de 2020, às 23h.

SANTANA, Gabrielle Carvalho de Aragão. A influência da Psicomotricidade na formação de professores: o espaço que o corpo e movimento ocupam no currículo dos cursos de Pedagogia. 2019. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação Psicomotora) – Colégio Pedro II, Pró-Reitoria de Pós Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, Rio de Janeiro, 2019.

VIEIRA. Renato de Sena. O corpo no espaço e como espaço: mapeamentos para se pensar a inclusão. 2020. Revista Interinstitucional Artes de Educar. Rio de Janeiro, V. 6, N.1-pág. 255-273jan-abr de 2020: “Educação: Corpo em movimento II.” – DOI: 10.12957/riae.2020.45815. Disponível em:. Acesso em: 01 de junho de 2020, as 21 horas.

WINNICOTT, D. W. O brincar e a realidade. Trad. Breno Longhi. Rio de Janeiro: Ubu, 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v7i1.3202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.