ENSINO DAS LUTAS NA ESCOLA: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA CIDADE DE CAMPOS SALES – CE

George Almeida Lima

Resumo


Resumo: O presente trabalho objetiva analisar as possibilidades para o desenvolvimento das lutas na educação física escolar e identificar os desafios da sua aplicação, buscando aspectos que contribuam para a efetivação desta temática na escola. O presente trabalho caracteriza-se como uma pesquisa exploratória e descritiva, baseando-se em autores que tratam deste tema. Para maior fortalecimento do trabalho foi realizada uma entrevista semi-estruturada com cinco professores de educação física do município de Campos Sales – CE, que atuam em escolas públicas e particulares. Dos professores entrevistados, todos relataram que sua formação acadêmica não foi suficiente para que sentissem segurança em aplicar esta temática. Três professores aplicam lutas na escola através de jogos e dois não aplicam essa temática. Infere-se que muitos fatores influenciam a aplicação das lutas na escola, mas as interferências negativas podem ser sanadas através da busca ativa do professor por procedimentos metodológicos eficazes que facilitem a aplicação das lutas.

 


Palavras-chave


Cultura; Escola; Formação; Lutas.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70. 2009.

BETTI, M. Educação Física escolar: uma proposta de diretrizes pedagógicas. Revista Mackenzie de Educação Física e esporte, São Paulo – SP, ano 1, n. 1, p. 73-81, Jun. 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

BRASIL, Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Educação Física. Ensino Fundamental. Terceiro e quarto ciclos. Brasília: MEC/SEF, 1997.

DARIDO, S. C. Educação Física na escola questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

ESPARTERO, J. Aproximación histórico-conceptual a los deportes de lucha In: VILLAMÓN, M. Introducción al Judo. Barcelona: Editorial hispano Europea S.A., 1999.

FERREIRA, H.S. As lutas na educação física escolar. Revista de educação física – Fortaleza – CE, Nº. 135 – Novembro de 2006.

LAKATOS, E.M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia científica. 6. Ed. 5. Reimp. São Paulo: Atlas, 2007.

MINAYO, M.C.S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde (13ª Ed). São Paulo, SP: Editora Hucitec, 2013.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto; Práticas corporais e a organização do conhecimento. Maringá, 2014.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

FERRARI, A. Metodologia da ciência. 3. Ed. Rio de Janeiro: Kennedy, 1974.

YIN. R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v6i1.3094

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.