ULTIMATE FRISBEE: NOVA PRÁTICA ESPORTIVA NOS CURRÍCULOS ESCOLARES

Carla da Conceição Lettnin, Carlos Julio González Aguilera, Renan Alex Kochhann Dewes, Maurício Abade de Souza

Resumo


Este estudo, descritivo exploratório, apresenta o projeto de extensão que pretende proporcionar inovação de práticas físico-esportivas nos currículos escolares. Neste estudo 31 jogadores responderam questões abertas e fechadas sobre o perfil dos praticantes de Ultimate Frisbee (UF). Os dados quantitativos foram analisados por estatística descritiva e os qualitativos por Análise de Conteúdo. Os resultados apontaram que o UF é acessível a todos os níveis de ensino e  faixas-etárias. Entretanto ainda é mais praticado por meninos. Os praticantes de UF buscam lazer, encontrar amigos e divertir-se. Os Aspectos Morais e Sociais diferenciam esta modalidade e, por isso, na opinião dos praticantes, deveriam estar nos currículos escolares. A escola e os amigos são os maiores difusores da modalidade e as escolas e as praças públicas os lugares mais procurados para a prática. Logo, ações e investimentos deveriam ocorrer nesses espaços.

Palavras-chave


Escola; Educação Física; Esporte; Ultimate Frisbee.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Marco A. B. de; PUCCINELLI, Fernanda M.; GUTIERREZ, Gustavo L.; MARQUES, Renato. A construção de consensos em esportes competitivos – um estudo de caso: Ultimate Frisbee. Movimento & Percepção, v.9, n.12, p. 29-42, 2008.

BALBINOTTI, Marcos; BARBOSA, Marcus; BALBINOTTI, Carlos; SALDANHA, Ricardo. Motivação à prática regular de atividade física: um estudo exploratório. Estudos de Psicologia, v. 16, n. 1, p. 99-106, 2011.

BORGES, Robson M.; OLIVEIRA, João D.; SANTOS, Admilson; FARIAS, Sandra R. Ultimate Frisbee. In: GONZÁLEZ, Fernando J.; DARIDO, Suraya C.; OLIVEIRA, Amauri A. Esportes de Invasão: Basquetebol-Futebol-Futsal-Handebol-Ultimate Frisbee. Maringá: EdUEM, 2017. p. 443-528.

COSTA, Felipe R. DA; MELO, Paula B. S.; VASCONCELOS, Arthur S.; CARDELINO, Felippe A.; COSTA, Camila P. F. Leitura pedagógica das regras de Ultimate: uma versão em português para uso na iniciação. Brasília: Universidade de Brasília. 2018.

CRESWELL, John; PLANO CLARK, Vick. Pesquisa de métodos mistos. 2ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

DARIDO, Suraya. A Educação Física na escola e o processo de formação dos não praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 18, n. 1, p. 61-80, 2004.

EINSFELDT, Rafaella M.; LETTNIN, Carla da C. A (Des)seriação na Educação Física: uma proposta de aceitação aos alunos do ensino médio. Lecturas: Educación Física y Deportes, v. 23, n. 245, p. 34-48, 2018. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/645. Acesso em: 20 Abr. 2020.

ESPAÑA, Katherine H.; COLMENARES, Angélica M. P. Evaluación de los componentes de liderazgo transformacional que más se destacan en equipos de Ultimate Frisbee en Bogotá y Medellín. 2016. 102 f. TCC (Graduação em Psicología) – Faculdad de Psicología, Universidad Santo Tomás, Bogotá, 2016. Disponível em: https://repository.usta.edu.co/bitstream/handle/11634/3616/Herrerapaola2016.pdf?sequence. Acesso em: 9 Mar. 2020.

GRACIA, Cristian C.; DIAZ, Álvaro J. El Ultimate Frisbee en las clases de Educación Física de la institución educativa San Juan Batista de la Salle. Revista Digital: Actividad Física y Deporte, v. 2, n. 2, p. 23-32, 2016.

HEREDERO, Eladio S. Escola inclusiva: um novo olhar para o currículo de uma escola para todos. Revista Eletrônica da Educação, v. 1, n. 1, p. 68-77, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE OPINIÃO PÚBLICA E ESTATÍSTICA - IBOPE. Educação Física nas escolas públicas brasileiras. 2012. Disponível em: http://senna.globo.com/institutoayrtonsenna/quem_somos/publicacoes/educacao_fisica_escolas_publicas/Resumo.pdf. Acesso em: 31 mar. 2019.

LETTNIN, Carla da C. (Des)seriação da Educação Física no Ensino Médio como proposta de contribuição a Saúde: visão de alunos e professores. 2013. 233 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

LETTNIN, Carla; JESUS, Saul; STOBÄUS, Claus. A Educação Física em direção ao bem-estar discente: reflexões de professores e graduandos portugueses sobre a (des)seriação no Ensino Médio. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, v. 17, n. 175, 2012. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd175/a-educacao-fisica-sobre-a-des-seriacao-no-ensino-medio.htm. Acesso em: 05 ago. de 2012.

LUTZ, Thulyo; de SOUZA, Anna Carolina C.; TELLES, Silvio de C. C. La influencia del movimiento renovador en las clases de Educación Física en Rio de Janeiro. Lecturas: Educación Física y Deportes, v. 25, n. 263, p. 2-22, 2020. Disponível em https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/1600. Acesso em: 9 ago. 2020.

MAIELO, Victor P.; COSTA, Camila P. Ultimate Frisbee na Educação Física escolar. São Paulo: Federação Paulista de Disco, 2020.

MORAES, Roque. Uma experiência de pesquisa coletiva: introdução à análise de conteúdo. In: GRILLO, Marlene C.; MEDEIROS, Marilú F. (Orgs). A construção do conhecimento e sua mediação metodológica. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1998.

OLIVEIRA, Erica D.; PAIVA, Karlla E.; COSTA, Americo P.; COSTA, Felipe R. Sistematização do Ultimate Frisbee para Educação Física. Cadernos de Formação RBCE, v. 9, n. 1, p. 20-32, 2018.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE (OPAS). OMS lança plano de ação global sobre atividade física para reduzir comportamento sedentário e promover a saúde. 2018. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5692:oms-lanca-plano-de-acao-global-sobre-atividade-fisica-para-reduzir-comportamento-sedentario-e-promover-a-saude&Itemid=839. Acesso em: 5 jul. 2020.

PINEDA, Laura D.; BARRANTES, Carolina S. El Ultímate Frisbee como propuesta pedagógica para influenciar el valor del respeto entre los niños del curso 502 del instituto técnico Francisco José de Caldas. 2018. 58f. Proyecto de Grado (Educação Física, Recreacíon y Deportes) – Faculdad Ciencias de la Educacion, Universidad Libre, Bogotá, 2018. Disponível em: https://repository.unilibre.edu.co/handle/10901/15792. Acesso em: 03 Jun. 2020.

SILVA, Rodrigo; MATIAS, Thiago; VIANA, Maick; ANDRADE, Alexandro. Relação da prática de exercícios físicos e fatores associados às regulações motivacionais de adolescentes brasileiros. Motricidade, v. 8, n. 2, p. 8-21, 2012.

SILVA, Rodrigo; MATIAS, Thiago; VIANA, Maick; BRANDT, Ricardo; ANDRADE, Alexandro. Atividade física como ferramenta de promoção e manutenção da saúde física e mental de adolescentes. Revista Digital EFDeportes.com, Buenos Aires, v. 16, n. 157, p. 1, 2011. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd157/atividade-fisica-saude-de-adolescentes.htm. Acesso em: 10 de jul. 2019.

WORLD FLYING DISC FEDERATION - WFDF. Spirit self scoring sheets. 2014. Disponível em:http://www.wfdf.org/sotg/sotg-downloads/doc_download/501-4-games-sotg-self-scoring-sheet-2014-en. Acesso em: 12 jul. 2020.

_____. International Olympic Committee grants full recognition to the World Flying Disc Federation. 2015. Disponível em: http://www.wfdf.org/news-media/news/press/2-official-communication/697-international-olympic-committee-grants-full-recognition-to-the-world-flying-disc-federation-wfdf. Acesso em: 30 jun. 2020.

_____. Spirit of the game - handout. 2016. Disponível em:http://www.wfdf.org/sotg/sotg-downloads/doc_download/583-spirit-of-the-game-handout. Acesso em: 12 jul. 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v6i2.3005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.