A CULTURA INDÍGENA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA PERSPECTIVA CULTURAL

Juliana Trajano dos Santos, Roberto Ferreira dos Santos

Resumo


O objetivo do presente trabalho é apresentar as vivências da cultura indígena por alunos do Ensino Fundamental I, com a finalidade de ampliação nos conteúdos que contemplem a cultura corporal de movimento nas aulas de Educação Física. É uma pesquisa qualitativa, que utilizou a observação e os registros das aulas. Foram cerca de 70 participantes, alunos matriculados nas séries iniciais do Ensino Fundamental I, em uma escola municipal do Rio de Janeiro. Inicialmente, os alunos apresentaram poucos conhecimentos acerca da cultura indígena. Porém, ao decorrer das aulas ocorreram mudanças, como a utilização do termo indígena pelos alunos, os achados das pesquisas referentes às diferentes populações étnicas e à Fundação Nacional do índio (FUNAI). Assim, foi possível abordar a cultura indígena, abarcando a cultura corporal de movimento, a descolonização do currículo e a inclusão em uma perspectiva ampla, fazendo com que as aulas de Educação Física fossem um espaço democrático.

Palavras-chave


Cultura Indígena, Educação Física, Cultura Corporal, Ensino Fundamental I

Texto completo:

PDF

Referências


BENTO, Jorge Olímpio. 12. Em defesa do desporto. In: GAYA, Adroaldo. A Educação

Física: ordem, caos e utopia. Belo Horizonte: Casa da Educação Física, 2014.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares

Nacionais: Educação Física. Brasília: MEC/SEF, 1997.

COULON, Alain. Etnometodologia. Tradução de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis,

RJ: Vozes, 1995.

ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. Em busca da excitação. Lisboa: DIFEL, 1992.

FREIRE, João Batista. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da educação

física. 5 ed. São Paulo: Scipione, 2009.

FONSECA, Michele Pereira de Souza da; RAMOS, Maitê Mello Russo. Inclusão em

movimento: discutindo a diversidade nas aulas de educação física escolar. In:

PONTES JUNIOR, José Airton de Freitas (Org.). Conhecimentos do professor de

educação física escolar [livro eletrônico]. Fortaleza, CE: EdUECE, 2017, p 184-208.

Disponível em:

http://www.uece.br/eduece/dmdocuments/Conhecimentos%20do%20professor%20d

e%20Educacao%20Fisica%20escolar.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

MURAD, Mauricio. Sociologia e Educação Física – Diálogos, linguagens do

corpo, esportes. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física Cultural: inspiração e prática pedagógica.

ed. Jundiaí: Paco, 2018.

NEIRA, Marcos Garcia. Coleção A reflexão e a prática no ensino – Educação

Física. V.8. São Paulo: Blucher, 2011.

SILVA, Carlos Alberto Figueiredo da.; VOTRE, Sebastião Josué. Etnometodologias.

Rio de Janeiro: HP Comunicação, 2012.

SOARES, Magda. Linguagem e escola. Uma perspectiva social. São Paulo: Ática,

SOARES, Carmen Lucia; TAFFAREL, Celi Nelza Zulke; VARJAL, Maria Elizabeth;

CASTELLANI FILHO, Lino; ESCOBAR, Micheli Ortega; BRACHT, Valter.

Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

YIN, Robert K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre, Penso: 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v4i2.2378

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.