GÊNERO E SEXUALIDADE NA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA (EEFD/UFRJ): REFLEXÕES A PARTIR DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

Gabriela Gomes Araujo, Andréa Costa da Silva

Resumo


O currículo é atravessado por diferentes temáticas sociais, entre estas estão as de gênero e sexualidade, que consistem o enfoque do presente artigo, cujo objetivo reside em compreender as aproximações e os distanciamentos da temática no Projeto Político Pedagógico (2006) do curso de licenciatura em Educação Física da EEFD-UFRJ. Por meio da análise de conteúdo e com pressupostos dos estudos de gênero, foi possível observar um distanciamento das questões de gênero e de sexualidade no documento, destacando-se perspectivas de formação de cunho mercadológico e técnico. Entretanto, considerando o currículo enquanto não estanque e passível de mudanças conforme diferentes contextos, é possível que tais questões sejam trabalhadas em espaços para além da grade curricular.

 


Palavras-chave


Gênero; Sexualidade; Educação Física; Currículo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTMANN, H. Educação Física Escolar: relações de gênero em jogo: 1. ed. São Paulo: Cortez, 2015.

ALVARIÑAS-VILLAVERDE, M.; PAZOS-GONZALEZ. Estereotipos de género en

Educación Física, una revisión centrada en el alumnado. Revista Electrónica de Investigación Educativa. Mexicali, v.20 n.4, p. 154-163. 2018.

ANDRES, S.S; JAEGER, A.A. O cinema e suas interfaces com gênero, sexualidade e educação física. Holos. Natal, v.1, n.32, p. 124-141. 2016.

BARDIN, L. Análise de conteúdo: Lisboa: Edições 70, 1977.

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 8 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

CORRÊA, M. Do feminismo aos estudos de gênero no Brasil: um exemplo pessoal. Cadernos Pagu. Campinas, v.16, p.13-30. 2001.

CORREIA, M.M; DEVIDE, F.P; MURAD, M. Discurso da licenciatura em Educação Física sobre as questões de gênero na formação profissional em Educação Física. In: DEVIDE, F.P. Estudos de Gênero na Educação Física e no Esporte. 1 ed. Curitiba: Appris, 2017. p.1 7-47.

CRUZ, G; CASTRO, P.H.Z.C. A didática e a formação do professor de Educação Física: uma análise a partir da avaliação de alunos concluintes. Pro Posições, Campinas, v.30, p. 1-25, 2019.

Escola de Educação Física e Desportos – EEFD. Projeto Pedagógico Licenciatura em Educação Física. Rio de Janeiro, 2006.

FERRAZ, O.L; CORREIA, W.L. Teorias curriculares, perspectivas teóricas em Educação Física Escolar e implicações para a formação docente. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte, São Paulo, v.26, n.3, p.531-40, jul./set. 2012.

FIGUEIREDO, E. Desfazendo o gênero: a teoria queer de Judith Butler. Criação & Crítica, São Paulo, n.20, p.40-55, 2018.

LOPES, L. O que é gênero? In: RAMOS, M.M et al. Gênero, sexualidade e direito. 1 ed. Belo Horizonte: Intia Via, 2016. p. 19-31.

LOURO, G.L. Gênero, sexualidade e educação: Uma perspectiva pós estruturalista. 14 ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

MAFFEI, W.S; SCHETZLER, R.P. Ações formativas em disciplina de prática pedagógica na licenciatura em Educação Física, Motrivivência, Florianópolis/SC, v. 30, n. 53., p. 101-118, maio/2018.

METZNER, A.C. Proposta didática para o curso de licenciatura em educação física: aprendizagem baseada em casos. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 40, n. 3, p. 637-650, jul./set. 2014.

MINAYO, M.C.S. O desafio do conhecimento: Pesquisa qualitativa em saúde. 8 ed. São Paulo: Hucitec, 2004.

MONTEIRO, M.V.P. A construção identitária nas aulas de Educação Física. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, v.22, n.69, p. 339-359, abr./jun. 2017.

NEVES, L. Notas sobre gênero e sexualidade em uma formação de professores/as. In: DORNELLES, P.G; WENETZ, I; SCHWENGBER, M.S.V. Educação Física e Gênero: Desafios Educacionais. 1 ed. Unjjuí: Ijuí, 2013.p.149-167.

NICOLINO, A. Gênero nos currículos de formação docente em Educação Física no Brasil. In: PARAÍSO, M.A; CALDEIRA, M.C.S. Pesquisas sobre currículos, gênero e sexualidades: 1.ed. Mazza Edições: Belo Horizonte: 2018, p.73-91.

NÓVOA, A. O passado e o presente dos professores. In: NÓVOA, A. Profissão professor. Porto: Porto Editora, 1995. p.13-34.

NUNES, M.L.F; NEIRA, M.C.G. EU S/A: a identidade desejada na formação inicial em Educação Física. Educ.Pesqui. São Paulo, v.44, p.1-17, 2018.

OCHOA, L.M. Investigación del currículo oculto em la educación superior: alternativa para superar el sexismo em la escuela. Revistas de Estudios de Género, La ventana. Guadalajara, n.21, p.187-277, 2005.

PARAÍSO, M.A; CALDEIRA, M.C.S. Pesquisas sobre currículo, gênero e sexualidade. 1 ed. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2018.

SCOTT, J. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Revista Educação e Realidade,Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 71-99, julho/dezembro, jul./dez. 1995. Disponível em: . Acesso em: 07 de dez. de 2019.

SILVA, S.V. Os estudos de gênero no Brasil: algumas considerações. Revista Bibliográfica de Geografia e Ciencias Sociales, Barcelona, n.262, p.1-16, 2000.

SILVA, T.T. O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular: 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

SILVA, T.T. Documentos de identidade: Uma introdução as teorias do currículo. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

SILVEIRA, V.T et al. Escola de formação de “professoras”: As relações de gênero no currículo superior de Educação Física. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Florianópolis, v. 33, n. 4, p. 857-872, out./dez. 2011.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, n. 13, p. 5-24, 2000.

VERONEZ, L.F.C et al. Diretrizes Curriculares da Educação Física: reformismo e subordinação ao mercado no processo de formação Rev. Bras. Ciênc. Esporte, Florianópolis, v. 35, n. 4, p. 809-823, out./dez. 2013.

WENETZ, I; SCHWENGBER, M.S.V; DORNELLES, P.G. Caminhos teóricos e políticos do trato com a sexualidade na educação física: uma análise inicial das produções na área (2001-2015). In: DORNELLES, P.G; WENETZ, I; SCHWENGBER, M.S.V. Educação Física e Sexualidade: Desafios Educacionais. Ijuí: Unijuí, 2017. p.23-49.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/tefe.v4i2.2244

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-5916

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.