EDUCAÇÃO INFANTIL E DIFERENÇAS: “OS MIL CABELOS DE RITINHA”

Luciana Helena Monsores

Resumo


Entre os dias 18 de outubro e 1º de novembro, ocorreu, no Colégio Pedro II, o I Circuito Cultural Afro-Brasileiro, organizado pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (NEAB), com o objetivo de abordar as culturas negras e contribuir para a superação do racismo na escola e na sociedade. No dia 24 de outubro, este circuito passou pela Unidade de Educação Infantil e trouxe, além de um importante debate entre docentes com apresentação de práticas pedagógicas, uma peça teatral para as crianças baseada na história literária “Os mil cabelos de Ritinha”. A literatura infantil pode ser uma boa ferramenta no trato das questões raciais e das diferenças e pode ser um trunfo para a Educação Infantil. Atualmente, diversos livros abordam questões étnicas, culturas africanas, religiosidade afro-brasileira e identidade negra, além de tentar garantir representatividade às crianças negras. O livro e a dramatização colocam em voga a questão do cabelo afro e das diferentes possibilidades de penteados. Desta forma, cria-se uma estratégia de abordagem da identidade negra, da autoestima das crianças negras e valorização das diferenças através do cabelo crespo.

Palavras-chave


Educação Infantil; Literatura Infantil; Cultura Negra.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.