NOTÍCIAS

 

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontecem nos dias 24 e 25 de outubro. O exame é a principal porta de ingresso para as universidades públicas e privadas do país, e teve mais 8,4 milhões de inscritos em 2015. Com a proximidade das provas, é comum que dúvidas sobre o que estudar e como se preparar para o exame tomem conta dos alunos nesta reta final.

 

A professora de Biologia do Campus Centro, Ana Maria Pereira, dá algumas dicas para os alunos manterem o foco. “Nessa reta final é importante manter a tranquilidade. Resolver exercícios é sempre uma boa maneira de se preparar. Vale a pena fazer as provas dos anos anteriores e revisar os conteúdos referentes às questões em que encontrou maior dificuldade”, destaca.

 

Fazer um planejamento diário de estudo também ajuda na organização. Nesse caso, a professora ressalta que é importante reservar mais tempo para as disciplinas nas quais o aluno tem mais dificuldade, e focar nas disciplinas de maior peso para a carreira escolhida. Para aqueles que têm na Biologia a disciplina com maior peso, Ana Maria pontua os assuntos mais recorrentes: genética molecular e ácidos nucleicos, evolução, ecologia, saúde e fisiologia. “Mesmo assim, é importante dar atenção também aos demais conteúdos do programa”, lembra.

 

Para a professora, é fundamental que o aluno tenha confiança na formação que recebeu ao longo de toda a educação básica e que busque atividades físicas e de lazer que contribuam para manter o equilíbrio emocional.

 

 

Redação nota mil

 

Ex-aluna do CPII Gabrielle AlvesA ex-aluna Gabrielle Alves, 18 anos, alcançou a nota máxima da redação do Enem 2014. Cursando o segundo semestre de Geografia, na UFRJ, ela dá as dicas para fazer uma boa redação. Para se preparar, ela destaca três pontos que a ajudaram a agregar bons argumentos à redação: muita leitura, muita prática e muita conversa sobre os mais variados temas com pessoas de opiniões diferentes. “O ponto chave de uma redação destaque do Enem é a interdisciplinaridade. É importantíssimo não esquecer de uma boa proposta de intervenção, que responda às seguintes perguntas: o que deve ser feito, como deve ser feito e quem deve fazê-lo”, afirma, acrescentando que o domínio da Língua Portuguesa também é fundamental. Para ela, quem está na 2ª série não deve perder a oportunidade de testar suas habilidades antes do momento decisivo.

 

Gabrielle alerta ainda sobre o que NÃO se deve fazer. “Busque sempre elaborar e desenvolver as ideias: argumentos vazios não são bem aceitos. O excesso de exemplos também deve ser evitado, assim como o uso de clichês e frases feitas. Obviamente, busque sempre não cometer erros de Português e releia a redação com bastante atenção, sempre há algo a ser melhorado”.

 

Sobre o melhor momento para escrever a redação, Gabrielle acredita ser melhor escrevê-la antes da prova de  múltipla escolha. “O Enem é uma prova grande, cansativa e que, a cada ano, requer mais o conhecimento e domínio da matéria. Fazendo no início, sua mente está tranquila e o raciocínio flui melhor”, observa.

 

 

 

Bianca Souza - Coordenadoria de Comunicação Social

 

 

 

ATOS ADMINISTRATIVOS

AGENDA INSTITUCIONAL

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Acessos Hoje:6888  Total Acessos:33067694