DA EDUCAÇÃO DO HOMEM GREGO: reflexões acerca do que foi perdido pela modernidade líquida

Diogo Inácio Dias

Resumo


Este artigo tem por objetivo promover uma reflexão acerca do que se perdeu do conceito de Paideia Grega, contrapondo-a à modernidade líquida, e também pensar sobre o que seria interessante de ser recuperado da Grécia Antiga para o agora em termos da educação escolarizada. Com a ascensão do Capitalismo como regime econômico dominante, observamos que os valores e a lógica do processo educativo do indivíduo gradualmente foram se distanciando e se desvirtuando dos preceitos gregos de Areté. Isso pode ser atribuído, em grande parte, ao processo de liquidificação da sociedade, bem como à manutenção de uma estrutura de opressão que se manifesta nas instituições escolares. Ao final do texto, apresentamos a Escola da Ponte, iniciativa do educador José Pacheco, como caminho de reaproximação com a Paideia, podendo, inclusive, superá-la em alguns aspectos.


Palavras-chave


Paideia; Educação na modernidade líquida; Educação do homem contemporâneo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.