DIRETRIZES, LICENCIATURA E ENSINO DE HISTÓRIA: os caminhos da construção do saber docente.

Renata A. dos Santos Silva

Resumo


O presente estudo elabora uma reflexão sobre a formação do professor de História, nas Licenciaturas. E observa como estaria se constituindo o saber docente na sua etapa inicial, ainda na graduação, quando o aluno – “futuro professor” – entra em contato com os saberes disciplinares, próprios da sua formação em história. Estas preocupações estão no bojo das mudanças curriculares suscitadas pelas Diretrizes para a Formação de Professores e das Licenciaturas de História do início dos anos 2000.

 


Palavras-chave


licenciaturas; professor de história; saber docente; políticas públicas.

Texto completo:

PDF

Referências


CAIMI, F.E. 2001. Conversas e controvérsias – O ensino de história no Brasil (1980-1998). Passo Fundo, UPF.

_______. A aprendizagem profissional do professor de História: desafios da formação inicial. Revista Fronteiras, v. 11, p. 27-42, 2009.

_______. Por que os alunos (não) aprendem História? Reflexões sobre ensino, aprendizagem e formação de professores de História. Revista Tempo, v. 21, 2006.

CIAMPI, H. O professor de história e a produção dos saberes escolares: O Lugar da Memória. In: FERREIRA, A. C.; BEZERRA, H. G.; LUCA, T. R. (Org.). O Historiador e o seu tempo. São Paulo: Unesp, 2008. p. 203 -221.

CHEVALLARD, Y. La transposición didáctica – del saber sábio al saber enseñado. Aique: Grupo Editor S. A., 1998.

COSTA, Marisa V. O currículo: nos limites do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, 1998.

FONSECA, S. G. Caminhos da história ensinada. Campinas: Papirus, 1993.

_________. A formação do Professor de História no Brasil. In: Encontro “Perspectivas do ensino de história”, II, São Paulo, 1996. Anais... São Paulo, FEUSP, p. 101-109.

_________. A formação de professores de história no Brasil: novas diretrizes velhos problemas. 2001. Disponível em: www.anped.org.br/reunioes/24/T0853028647036.doc. Acesso em: 12 de maio de 2013.

_________ e MESQUITA, I. M. Formação de professores de história: experiências, olhares e possibilidades. UNISINOS, 2006.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Editora da Unijuí, 1998.

GOODSON, J. F. O currículo em mudança. Estudos na Construção Social do Currículo. Porto: Porto Ed., 2001.

LOPES, A. R. C. Conhecimento escolar: ciência e cotidiano. Rio de Janeiro: EDUERJ, 1999.

MACEDO, E. Aspectos Metodológicos em História do Currículo. In: OLIVEIRA & ALVES (org.). Pesquisa no/de cotidiano nas escolas. 2 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

MAGALHÃES, Marcelo de S. Apontamentos para pensar o ensino de História hoje: reformas curriculares, Ensino Médio e formação do professor. Revista Tempo, v. 21, 2006.

MATTOS, Ilmar R. “Mas não somente assim!” Leitores, autores, aulas como texto e o ensino-aprendizagem de história. Revista Tempo, v.21, 2006.

MONTEIRO, Ana Maria da C. Professores de história: entre saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.

_________. Ensino de história: entre história e memória. 2009. Disponível em http://www.ufrrj.br/graduacao/prodocencia/publicacoes/pesquisa-pratica-educacional/artigos/artigo1.pdf. Acesso em 12 de maio de 2013.

MOREIRA, A. F. B. & SILVA, T. T. Sociologia e teoria crítica do currículo: uma introdução. In: Moreira e Silva (org.). Currículo, Cultura e Sociedade. São Paulo: Cortez Ed., 2005.

NÓVOA, A. (org.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 2000.

PAIM, E. A. Memórias e experiências do fazer-se professor. Tese de Doutorado. Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação. 2005.

POPKEWITZ, T. S. Profissionalização e formação de professores: Algumas notas sobre a sua história, ideologia e potencial. In: NÓVOA, A. (org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

ROCHA, H., MAGALHÃES, M. e GONTIJO, R. (org.). A Escrita da história escolar: memória e historiografia. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

ROCHA, H., MAGALHÃES, M. e REZNIK, L. (org.). A história na escola: autores, livros e leituras. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

PEREIRA, J. E. D. A pesquisa dos educadores como estratégia para a construção crítica de formação docente. In: PEREIRA, J. E. D. & ZEICHNER, K. M. (org.). A pesquisa na formação e no trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

SILVA, M. & FONSECA, Selva G. Ensinar história no século XXI: em busca do tempo entendido. Campinas: Papirus, 2007.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários - elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, n. 13, 2000.

_______. Saberes docentes e formação profissional. 2 ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

SILVA, Cristiani B da; OTTO, C.; DELGADO, A. F.; ROSSATO, L. (org.). Experiências de ensino de história no estágio supervisionado. Florianópolis: Ed. UDESC, 2011.

SILVA, Tomaz T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

BITTENCOURT, Circe M. F. Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo, Cortez, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.