TELEFONE CELULAR EM SALA DE AULA: UMA ANÁLISE DO EMPREGO DO RECURSO TECNOLÓGICO COMO FERRAMENTA DE APOIO PEDAGÓGICO

Rodrigo Resende Ramos, Luis Manuel Borges Gouveia, Álvaro Gonçalves de Barros, Lucas Coelho dos Santos, Anabella Mesquita T. Sarmento

Resumo


Este estudo abordou a utilização do telefone celular no contexto da sala de aula como uma ferramenta de apoio pedagógico. Para auxiliar na compreensão do tema, foi feito um levantamento em referenciais teóricos que trouxeram pontos positivos, negativos e alguns cuidados para implementação do mesmo na prática educativa. Buscando uma visão mais real para justificar a pesquisa, foi desenvolvida uma prática do uso do recurso tecnológico em uma experiência realizada com uma turma do oitavo ano do Ensino Fundamental da escola Liceu de Humanidades de Campos, na qual utilizou-se o celular conectado à internet para apoio em uma aula presencial dentro da disciplina de História. O trabalho foi desenvolvido em grupo e, como resultados e conclusões, confirmou-se que é válida a utilização do recurso do telefone celular conectado à internet como uma ferramenta que pode ser empregada na sala de aula, porém, é necessária a elaboração de mais pesquisas e estudos sobre o tema, além um cuidado com os alunos para que o celular seja empregado com foco no objeto e na finalidade desejada.


Palavras-chave


Celular. Processo Pedagógico. Desafios. Tecnologia Educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, A. GOUVEIA, L. (2018). Pressupostos sobre a pesquisa científica e teste piloto. Artigo acadêmico. 13 de Março. Administradores.com. Disponível em https://www.administradores.com.br/artigos/academico/pressupostos-sobre-a-pesquisa-cientifica-e-teste-piloto/109635/. Acesso em: 13/07/2019

BARROS, Álvaro G. de. Utilização do Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle no Ensino Regular Presencial de Nível Técnico. Orientador: Francelino Alves Henriques. 2013. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação). Universidade Americana, Assunção – PY, 2013. Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Alagoas, 2016.

BARROS, Álvaro G. de. SOUZA, Carlos H. Medeiros. A Internet de Todas as Coisas e a Educação: possibilidades e oportunidades para os processos de ensino e aprendizagem. Revista Científica LinkSciencePlace. DOI 10.17115. 2016. Disponível em: http://revista.srvroot.com/linkscienceplace/index.php/linkscienceplace/article/view/249. Acesso em: 15/07/2019.

BATISTA, S. C. F. M-LearnMat: Modelo Pedagógico para Atividades de M- learning em Matemática. Tese (doutorado em Informática na Educação). Porto Alegre, RS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, 2011.

BATISTA, Silvia C. F., BARCELOS, Gilmara T. Análise do uso do celular no contexto educacional. Revista Renote CINTED-UFRGS. 2013. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/41696. Acesso em: 10/07/2019.

BRITO. Glaucia da Silva; PURIFICAÇÃO, Ivonélia da. Educação e Novas Tecnologias: um repensar. São Paulo: Pearson, 2012.

INDALÉCIO, Anderson Bençal. RIBEIRO, Maria da Graça Martins. Gerações Z e Alpha: Os novos desafios para a educação contemporânea. Periódicos Unifev. 2017. Disponível em: http://periodicos.unifev.edu.br/index.php/RevistaUnifev/article/view/234.%20Acesso%20em%2031/03. Acesso em: 10/07/2019.

JORDÃO, Matheus H. A mudança de comportamento das gerações X,Y,Z e Alfa e suas implicações. USP – São Carlos, 2016. Disponível em: http://www.gradadm.ifsc.usp.br/dados/20162/SLC0631-1/geracoes%20xyz.pdf. Acesso em: 20/06/2019.

LOPES, Priscila Almeida. PIMENTA, Cintia C. Cunha. O uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica: Benefícios e desafios. Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica, Recife, v.3 , n .1 , p . 52- 66, 2017.

MCCRINDLE, M. Generation Alpha: Mark Mccrindle Q & A With The New York Times. The McCrindle Blog, 2015. Disponível em: https://mccrindle.com.au/insights/blog/generation-alpha-mark-mccrindle-q-new-york-times/. Acesso em: 20/06/2019.

MORIN, E. . Os sete saberes necessários à educação do futuro; tradução Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya ; revisão técnica Edgard de Assis Carvalho. – 2. ed. – São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

PRENSKY, Marc. Digital Natives, Digital Immigrants. NCB University Press, Vol. 9 No. 5, October, 2001.

RICCIO, N. C. R. Ambientes virtuais de aprendizagem na UFBA: a autonomia como Possibilidade. Orientador: Nelson De Luca Pretto. 2010. 364 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2010.

RODRIGUES, D. O Uso do Celular Como Ferramenta Pedagógica. Porto Alegre. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2015

SANTINELLO, Jamile. Ensino superior em ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs): formação docente universitária em construção. Paraná: Editora Intersaberes. 2015.

SEABRA, C. O celular na sala de aula. 2013. Disponível em: http://cseabra.wordpress.com/2013/03/03/o-celular-na-sala-de-aula/. Acesso em: 05/07/2019.

SILVA, Ana Elisa D.C.; COUTO, Edivaldo S. Professores usam smartphones: Considerações sobre tecnologias móveis em práticas docentes. 36ª Reunião Nacional da ANPEd, 29 de set. a 02 de out. de 2013, Goiânia/GO. Disponível em: http://36reuniao.anped.org.br/pdfs_trabalhos_aprovados/gt16_trabalhos_pdfs/gt16_2663_texto.pdf. Acesso em: 13/07/2019.

Site OLHAR DIGITAL – Unesco defende o uso de celular na sala de aula. 2014. Disponível em: https://olhardigital.com.br/noticia/unesco-defende-uso-de-celular-na-sala-de-aula/44903. Acesso em: 02/07/2019.

SOUZA, Carlos H. M.; CARDOSO, Carla. As Redes Sociais Digitais: Um mundo em transformação. Revista Agenda Social. V.5, nº1, jan-abr/2011, p. 65 – 78. Disponível em http://www.uenf.br/Uenf/Downloads/Agenda_Social_8427_1312371250.pdf. Acesso em: 18/06/2019.

SOUZA, Carlos H.M.; COSTA, Marco A. B. Fronteiras do Ciberespaço. Revista VÉRTICES, v. 7, n. 1/3, jan./dez. 2005 .Disponível em http://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/download/1809-2667.20050010/81. Acesso em: 04/07/2019

UNESCO. Diretrizes de políticas para a aprendizagem móvel. 2014. Disponível em: http://www.bibl.ita.br/UNESCO-Diretrizes.pdf. Acesso em: 02/07/2019.

ZUIN, V.G.; ZUIN, A.A.S. O Celular na Escola e o Fim Pedagógico. Educ. Soc. vol.39 no.143 Campinas Apr./June 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302018000200419&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 15/07/2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/ceb.v6i1.3210

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-2879 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.