Gramsci e os movimentos sociais na América Latina

Carolina Alves de Oliveira

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar o debate sobre movimentos sociais na América Latina, tendo como referência as proposições marxianas e os aportes teórico-metodológicos desenvolvidos por Gramsci. Numa conjuntura histórica em que o debate da luta de classes tem sido ocultado por uma teoria da conciliação de classes, apesar de intensas lutas sociais em resposta às ofensivas do modo de produção capitalista, faz-se necessário um debate crítico acerca dos movimentos sociais.

Palavras-chave: Classes Sociais; Movimentos Sociais; Hegemonia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.33025/rps.v0i13.1264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Perspectiva Sociológica: A Revista de Professores de Sociologia

ISSN 1983-0076

Departamento de Sociologia - Colégio Pedro II

URL da Homepage: http://www.cp2.g12.br

E-mail: perspectivasociologicacp2@gmail.com