Reitores participam de audiência pública na Alerj

 

O Colégio Pedro II participou da audiência pública promovida pela Comissão de Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), nesta terça-feira, 14/5. A audiência debateu os impactos do contingenciamento orçamentário, anunciado pelo Governo Federal, sobre as verbas de custeio dos institutos e universidades federais e contou com a presença de reitores de institutos federais, universidades federais e estaduais do Rio de Janeiro, além de representantes dos corpos docente, discente e técnico dessas instituições, assim como representantes de instituições de fomento à pesquisa.

 

Em sua fala, o reitor do CPII, Oscar Halac, destacou a importância de escolas como o Colégio Pedro II que valorizam o ensino crítico e que permitem o acesso à educação de qualidade a toda a população. “Venho de uma escola que acredita que não podemos mais formar alunos com uma perspectiva instrucional. O que se forma nos institutos federais são cidadãos que decodificam informações e oferecem contribuições importantíssimas para a pesquisa nacional”, afirmou ressaltando que os IFs atuam ainda como um importante fator de integração nacional.

 

 

Os demais reitores presentes destacaram a importância das mobilizações em âmbito nacional realizadas pelas assembleias legislativas em defesa da educação, ciência, tecnologia e cultura do país; o impacto do bloqueio de verba na política educacional brasileira e no lugar que a ciência e tecnologia devem ocupar para o desenvolvimento nacional e a importância de sensibilizar os diversos segmentos da sociedade em favor da educação e contra a diminuição orçamentária dos últimos anos.

 

O deputado Waldeck Carneiro, presidente da comissão, propôs a criação de uma frente parlamentar reunindo vereadores e deputados estaduais e federais do Rio de Janeiro para reverter o processo de bloqueio orçamentário, apresentando ainda as demandas do setor em uma reunião com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia.

 

 

Participaram da audiência pública o reitor da Universidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Lehrer; o reitor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Ricardo Berbara; o reitor eleito da Uni-Rio – que não assumiu por escolha do Governo Federal – Leonardo de Castro; o vice-reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Fábio Passos; o reitor do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Rafael Almada; o reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), Jefferson Azevedo; o reitor da Universidade Federal do Norte Fluminense (UENF), Luís Passoni; assim como representantes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (UEZO), da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e da Fundação CECIERJ, além de outras entidades da pesquisa, ciência e inovação brasileiras.

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:4541  Total Acessos:9712252