Acesse o Portal do MEC
   
A+ | A-
A MÚSICA NO COLÉGIO PEDRO II

A Lei № 11.769, de 18 de agosto de 2008, determina no Brasil a obrigatoriedade do ensino da Música na Educação Básica. E o Colégio Pedro II é um marco histórico e uma referência nesse sentido, pois desde a sua fundação, em 2 de dezembro de 1837, tem a Música como parte integrante de seu currículo.

Assim, o Departamento de Educação Musical, que atualmente possui cerca de 60 professores, está presente na grade curricular de todos os segmentos da instituição: Educação Infantil, Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental Anos Finais (6º ao 9º ano), Ensino Médio Regular e Ensino Médio Integrado / Técnico em Instrumentos Musicais.

Além desta abrangência, com o intuito de promover e de incentivar atividades extraclasse com ênfase na prática musical, são desenvolvidos projetos de dedicação exclusiva de seu corpo docente permanente: corais, grupos de flauta doce e grupos instrumentais e mistos de diversos tipos. Acontecem ainda atividades musicais complementares no Espaço Musical do Complexo São Cristóvão e na Escola de Música do Complexo Realengo, que atendem não somente seu alunado, mas também à comunidade escolar.

A presença da música e do ensino musical remonta às origens do Colégio Pedro II, conforme explanado. E à medida que expandia e que crescia ao lado da instituição, estabeleceu características específicas para cada segmento de ensino, estes, todavia, seguindo um plano e uma linha evolutiva que se volta para o todo. Por isso, acreditamos que o conhecimento musical é composto de técnicas, intervenções, especificidades e de procedimentos que devem ser desenvolvidos por meio de uma proposta curricular sólida e multifacetada, que se renova e que permeia as possibilidades do discurso musical do Século XXI em comunhão ainda com o legado que nos foi presenteado pelos grandes mestres, sejam eles do Brasil ou de fora, da música erudita ou da música popular.